Posted by : Taty L. 26 de set de 2014

Seis amigos combinam ir à um acampamento no final de semana para se divertirem um pouco, mas, quando estavam a caminho tiveram a má sorte de pegar engarrafamento. Jéssica, uma das meninas, disse que conhecia outro caminho para chegar até lá. Seu amigo confiando nela foi por uma estrada de terra que havia ali, o pior erro cometido. Jéssica acabou se perdendo no meio do caminho, não reconhecia mais a estrada. Depois de muito tempo andando eles encontraram uma placa indicando que o acampamento era logo a direita mas o que eles não sabem é que a direção da placa havia sido modificada por um fantasma. Chegaram no lugar onde supostamente era o acampamento. Um dos amigos percebeu que havia algo de errado com aquele local, a energia de lá não era algo bom. Depois de tantas horas de carro e tanto trabalho para chegarem até lá, ninguém deu bola para Lucas e montaram suas barracas ali mesmo, fizeram uma fogueira e começaram a cantar. De repente, um homem velho todo vestido de preto sai do meio da floresta dizendo:
 - Vocês não deviam estar aqui, partam enquanto é tempo!
E logo após dizer essas palavras, ele some.
Com esse acontecimento, Rui resolve dar uma volta para distrair a cabeça. Depois de um tempo andando ele encontra uma mesa em uma ruína. Rui chega até onde seus amigos estavam acampados com a mesa, contando sobre o lugar que achou. Com isso, Jéssica e Gabriela resolvem dar uma volta também para conhecer melhor o lugar onde passariam o final de semana, e acabam achando algumas barracas não muito longe dali, mas quem as ocupavam já não estavam mais lá e o local não estava nada organizado. Enquanto olhava o lugar Jéssica encontra um tabuleiro jogado no chão e resolve levá-lo ao acampamento para jogar com seus amigos. Chegando lá eles se juntam e Rui explica como a brincadeira funciona. Quando o jogo começa, Jéssica pergunta:
 - Tem alguém ai ?
Essa pergunta faz com que Paulo, o amigo mais medroso, fique assustado e saia da brincadeira. Renato e Rui saem também para conversar com Paulo para combinar de dar o troco na Jéssica, movimentando o copo com respostas que possam assustá-la.
Eles começam a jogar e Jéssica faz a primeira pergunta:
 - De quem a Gabriela está afim ?
Os meninos movimentaram o copo formando o nome 'Paulo'. Logo depois Gabriela para se vingar pergunta:
 - Tem alguém aqui afim da Jéssica ?
O copo se movimenta sozinho formando a palavra 'Álem'. As garotas e os garotos não entendem, eles não movimentaram o copo dessa vez e ninguém conhece nenhum garoto chamado Álem. Então eles perguntam novamente:
 - De onde você é ?
"Do além"
Cai a ficha dos amigos, não era Álem, mas sim além. Um espírito do além. Os amigos se assustam e tiram o dedo do copo, mas ele começa a se mover sozinho. Assustados eles tentam fugir e o mesmo velho de antes aparece dizendo:
 - Tarde demais, eu avisei vocês. Agora aquele que mexeu com o que não devia vai pagar por isso. Eu avisei, vão embora daqui! E nunca mais mexam com os espíritos.
Dizendo isso desaparece novamente, e os amigos fogem daquele local voltando para casa.



Parte 1


Parte 2


Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © 2013 Diário de Hunter - . - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan/ Magdiel Dantas